Quase lá

Não fiquei sabendo que estavam rolando umas fotos da Carolina Dieckman nua nem que um tal de Fluminense ganhou do Botafogo e um artilheiro meio jeca fez um gol de bicicleta (quem tá acostumado com trem bala não liga muito pra isso), mas passei os meus dias desde sexta montando a Prusa. Nisso gastei bem mais de 40 horas em tres dias. Foi assim:

  • dia 4, sexta- Fui na casa do Maia lá na Tijuca, que apelidei de Maia Labs pq é cheio dos equipamentos. Os motores dele chegaram mas as peças impressas do Muringa não, então testamos tudo junto com a minha eletrônica. Está tudo funcionando 100% (motores, mesa aquecida, endstops e bico). É de certa maneira emocionante clicar no Pronterface do computador e ver as coisas funcionando. Achei que ia ser rápido e fácil voltar em casa e montar, mas me enganei profundamente…
  • dia 5, sábado – Fixação dos motores na estrutura, corte e fixação da mesa do eixo X, finalização do eixo Y, inicio da montagem do bico na extrusora, corte e fixação da placa de acrilico para fixação da eletronica. Posso dizer que tudo foi muito, muito mais dificil do que imaginava. Ainda queimei o dedo em um metal que eu estava serrando.
  • dia 6, domingo – Finalização do bico aquecido depois de muita luta e demais itens acima inacabados com cerca de 80% concluidos cada. Ainda não montei a eletronica.
Motor de passo, RAMPS 1,4

Eletrônica sendo montada e testada sexta-feira no Maia Labs. Aqui dá pra ver quase tudo: RAMPS 1.4 com os motores com seus endstops e o bico aquecido em primeiro plano (aguentou 250ºC). Depois ainda acrescentamos a mesa aquecida e a fonte que vai ser usada.

Tem um antigo ditado no meio náutico que conheci através do grande velejador Bernard Moitessier: Muitos pouquinhos fazem um muito. Foi assim que me senti ontem ao acabar o dia, vendo várias coisas que eu sei e consigo fazer mas sem conseguir matar todas. O caminho foi cheio de erros e cheio de adaptações e retrabalho, vou fazer uma lista dos problemas e obstáculos que consumiram mais tempo que vou listar em breve vou colocar em detalhes aqui no blog:

  • Qual o formato da mesa (thick sheet) para a Prusa iteraction 2? Vou ter que refazer a minha pois não bateu com o que eu tinha pesquisado e não faz sentido o encaixe e altura da polia. Ainda vou refazer.
  • Poucos fios no kit para fazer os chicotes da eletronica, da pra montar isso aos poucos e economizar tempo na montagem da eletrônica.
  • Escolha do local e preparação da placa para fixação da eletronica. Quando e onde?
  • Bico aquecido, detalhes dificeis de calcular e montar. Muitas adaptações.
  • Retirada dos pulleys originais dos motores Nema 17, muito difícil. Não achei referencias na web, só coisas de carro (aaaarrrrggghh) e fiquei com receio de danificar o motor.
  • Montagem do eixo Y e a sua relação com o carro que leva a extrusora, é mais complicada do que parece.
  • Montagem da extrusora, e do bico aquecido no carro do eixo Y não é muito fácil.

Ainda faltam as correias, alguém sabe onde posso comprar as T5 ou GT2 aqui no Rio de Janeiro? Comprei há 3 meses nos EUA mas não chegaram ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s