Log do hotend/bico aquecido

O bico aquecido foi para mim o ponto mais problemático de toda a impressora. Este modelo de bico relatado aqui foi feito a partir da junção de várias habilidades e experiências do pessoal do grupo ReprapBR e foram produzidas umas 20 unidades para a comunidade. Em dezembro do ano passado tive a sorte de ser o último beta tester do hotend do grupo de estudos.

O Paulo Fernandes que é muito ativo na comunidade vende ele prontinho já no site dele, recomendo quem estiver montando comprar um, a menos que tenha fácil acesso aos materiais e um torno mecânico em casa.

Instalação
Não tive problema nenhum para instalar, e foi muito mais fácil do que o que eu tinha feito na unha antes. Eu tinha comprado várias peças separadas e fiquei quebrando a cabeça e tomando um tempão junto do Roberto para botar pra funcionar o antigo.

A única ressalva foi que não consegui de jeito nenhum ajustar o termistor pois talvez o meu estivesse com defeito. Mesmo com uma discussão na lista não consegui avançar porque estava meio sobrecarregada e o humor do pessoal alterado. No final das contas não consegui ajustar. O meu ABS sempre saía em torno de 275 a 300C, mas consegui imprimir bastante coisa sem problemas.

detalhe do Hotend

A parte escura é do plástico verde oliva que estava usando antes.

Vazamento
Depois que eu estava imprimindo bastante notei que começou a vazar plástico entre a parte metálica e a barreira térmica de PTFE. Como eu tinha muitos ajustes a fazer fui deixando até poder rezolver tudo de uma vez pois desmontar e montar o bico me tomaria umas 10 horas de trabalho. A máquina continou imprimindo mas com certeza atrapalha um pouco, entrada de ar, perda de pressão no bico etc.

Vazemento plástico

Aqui dá pra ver bem onde estava o vazamento, bem no topo desta peça metálica maior, descia até a arruela metálica e dali se espalhava por onde podia.

Razões
O que eu acho mais provável foi a atualização do meu firmware Repetier do 0.83 para 0.84 que muda vários parametros, com isso a velocidade da extrusão estava muito grande e a engrenagem reduzida do parafuso trator girava loucamente e saia muito plástico.

Como eu tinha verificado os parâmetros e estavam ok, diminui a temperatura do bico para sair menos plástico e com isso a pressão na parte anterior diminui fazendo com que o plástico desse um certo ‘refluxo’ e saísse por cima.

Um outro fator que ajudou nisso foi o meu termistor desregulado, talvez tenha passado um pouco da temperatura deixando o ABS bem líquido, que somado ao problema acima fez ele sair facilmente pelas frestras.

Ajustando
Aproveitando que o fio do resistor (que é que esquenta) saiu, o outro estava remendado e o termistor da 3DMachine tinha chegado, aproveitei para desmontar, consertar tudo e melhorar o isolamento térmico de uma vez.

No blog do grupo, há relatos com testes e problemas e um aviso bem claro que foi ignorado: após certo uso é necessário reapertar os parafusos porque acontece uma reacomodação dos componentes. Como vi isso tarde demais, tive que desmontar tudo mas foi um bom aprendizado.

Anúncios

Ajustes para nivelar a mesa de impressão da Prusa Mendel

Uma das tarefas mais chatas antes de imprimir é nivelar a mesa. Enquanto não vejo uma maneira de resolver pois ainda tenho outros N ajustes a fazer na impressora, resolvi parte do problema com pequenos níveis de tripé de fotografia que comprei no eBay como estes aqui comprei 6 unidades por cerca de R$ 14,oo já com entrega (menos de 2 reais cada).

Nível da mesa

Antes eu estava usando este nível que é o menor que eu tenho, meço aqui na mesa e depois meço todo o eixo X para ver se está na mesma margem de inclinação. Mas só que para medir o eixo X, este nível ainda é grande demais.

Variáveis
Eu levo em conta que a base em que a minha impressora se apóia não é perfeitamente nivelada, então tenho que ter um jogo de cintura para permitir algumas coisas fora de esquadro, principalmente no eixo Y, que a princípio não trazem problemas. O importante é este eixo da mesa estar nivelado igual a base.

Nível de bolinha novo

Aqui com o nível novo. Ficou bem mais prático para aferir. Ainda coloquei apoiado em cada suporte do Z mas eles contém muita inclinação no eixo Y, aí não consegui medir corretamente.

Considerações
Ontem usei pela primeira vez e foi bem útil, vou considerar prende-las definitivamente em alguns cantos, no próprio extruder e numa extensão da mesa e aí posto aqui as considerações.

Outros posts sobre a mesa de impressão:

Tabela com motores de passo recomendados para Reprap

Stepper motor

O Alain Mouette fez essa tabela e gentilmente disponibilizou no google docs. Pelo preço (entre 250 e 500 reais o conjunto) e pelas tantas diferentes especificações os motores são um dos itens com mais dúvidas na lista reprapBr e com este documento voce pode já sanar algumas questões.

Link para a planilha:
Steppers-corrente-custo-beneficio

Via:
Grupo de estudos reprapBr

Veja também meus outros post sobre os motores de passo:

  1. Escolhendo os motores de passo
  2. Mais sobre motores de passo

Compras: site de comparação de preços de Reprap www.3ders.org

Bem legal a dica, neste site tem a comparação de preços de filamentos e impressoras prontas: http://www.3ders.org/pricecompare/

Aqui no Brasil, voce pode comprar com mais rapidez e segurança do Paulo Fernandes (http://www.3dmachine.com.br/) que é companheiro aqui da lista e membro que contribui para a comunidade Reprap ou na Movtech (www.movtech.com.br/) que tem menos variedade de cores mas o preço é ok.

Desde o grupo de discussões ReprapBr:
https://groups.google.com/d/topic/reprapbr/YryJNRkg_Ns/discussion

Fornecedor: Alumínio e latão

Já tinha passado algumas vezes por aqui mas nunca tinha reparado no estoque que é bem variado sempre em alumínio ou latão, os preços são ok e é fácil de chegar pra quem vem do centro e zona sul. As barras são chamadas vergalhões e os tarugos e placas de barra chata, além disso, todas as medidas são SAE (polegadas).
Eu comprei várias barras (vergalhões), placas e tarugos para fazer meu hotend e suportes diversos, além de pretender usar em outros projetos também. Só faltam as ferramentas! rs.
Barras de alumínio

Barras chatas e vergalhões de alumínio. Comprei logo um bom sortimento pra inventar e adaptar as coisas de casa.

Av Gomes Freire, 525 – A
Centro – Rio de Janeiro – RJ
Tel.: (21) 2252-9448

Mais uma alternativa de eletrônica: RA 3D

Vi la no Kickstarter, este projeto de eletrônica parece ousado. O projeto já atingiu o “funding” necessário. Se eu não tivesse já a minha, ia pensar seriamente entre esta e a simplicidade (e preço baixo) da Sanguiloulu.

A galera Reprap de SP está desenvolvendo uma que é bem promissora baseada na Gen7, mas aí até lá, quem vai montar e não tem condições (como eu) de fazer a sua própria placa na unha, vai ter que se virar para arrumar, quem sabe essa RA não fica sendo mais uma boa opção?

É bem completa tem umas bobeiradas como iluminação e fotos do andamento da impressão mas traz por exemplo o SD card nativo e um painel de controle. O preço bate mais ou menos com a RAMPS (com Arduino Mega) montada, $ 189,oo USD.

Features of RA:

  • Screw terminals for easy connection
  • MP3 sound controller add-on available
  • Lighting control – up to 64 RGD LEDs
  • Status updates via lighting
  • Modified Marlin firmware pre-installed and configured for typical 1-extruder machine. You can run up to 3 extruders
  • 5 PWM driven MOSFET outputs with indicator leds
  • 2 – 12V MOSFET outputs for heated beds (10A per board fused) controlled by one pin
  • 3 – 12V  MOSFET outputs fused together at 10A for extruder cores
  • One 5V PWM output fused at 5A with 5V rail
  • Buzzer – Beeps when using Elefu Control Panel menu for feedback.
  • Reset button for MCU
  • Up to 6 Elefu A4988 Stepper Drivers. X,Y,Z and up to 3 Extruders.
  • Elefu A4988 Stepper Drivers do Full,Half, Quarter, Eighth, Sixteenth micro-stepping support.
  • RA is pin compatible with pololu A4988 Stepper Drivers
  • Power on LED indicator
  • 4 Thermistor inputs measure temperature of heated bed and 3 hot ends
  • 6 Limit switch inputs with ground and 5V for optical or mechanical end-stops
  • Dedicated +3v3, +5v and +12v outputs fused at 5A per rail for additional components including light ring, fans, MP3 sound controller, lighting control kit, camera IR trigger and any custom uses you can think up.
  • Camera IR trigger kit available to use with marlin-supported remote camera trigger gcode command.
  • LED light ring
  • FTDI USB for programming the ATMega2560 and uploading custom firmware with dedicated TX and RX LEDs for communication indicators
  • ATMega2560 built in. All unused pins mapped to board with +5V, GND
  • ICSP pin header for direct AVR programming
  • ATX power supply input – takes 24 pin and either 4pin or 8 pin connector for a maximum of 36A of current on the 12V rails and 5A each on the 5V and 3v3 rail, with 500ma of standby power for essential components
  • Power supply can be turned off via software when printer is finished printing

Elefu control panel Add-on features:

  • Rotary encoder with push button switch to control menus and operate your printer without a computer
  • SD card support – Print from SD card, no computer needed to run printer
  • Remote reset button for emergency stops
  • LCD Display with menu system for control of printer

Desde:
http://www.kickstarter.com/projects/104819283/ra-3d-printer-controller-by-elefu?ref=category

Links relacionados:
Sistemas da Reprap

Novas lojas online

http://reprapworld.com
Um colega do grupo reprapbr comprou e disse que a entrega foi bem rápida. O estoque é variado e interessante com muitas peças. Verifiquei os preços e em 06/07/2012 eram em conta comparando com Ultimachine e eBay. Vale a pena uma olhada.

http://techpaladin.com

Não tem muita variedade mas os preços e o frete são muito bons. Um dos poucos lugares que achei as correias GT2, mais barato até que que na SDP.

Compras: Cabo Flat

Parece mentira, mas é mais um item que perdi tempo (e $) procurando em vão no centro do Rio.

Pra muita gente vai parecer besteira, mas pra mim fez muita falta: cabo flat (rainbow de preferência). Os fios que vieram no meu kit eram um curtos então tive que emendar (na verdade o Maia que é fera na solda) com uns fios de sucata de impressora, mais uns que eu comprei mas eram mais grossos e ficou bastante estranho, com cara de Frankstein. Soldar e emendar estes fios quer dizer fazer umas 100 emendas, soldas e isolamentos.

Então, recomendo comprar logo no início uns fios pra deixar guardado, depois faz tudo no tamanho certinho. Vai te dar menos dor de cabeça.

Cabo flat

Fez falta…

Como procurar na língua dos colonizadores:
40 WAY Flat Rainbow Color Ribbon

Onde comprar:
Procurei no Mercado Livre mas não achei. Preço no eBay: 9,50USD 1 metro já com entrega, mas eu recomento pegar logo 2m pra deixar para os projetos futuros.

Se alguém achar produto nacional ou mais em conta, favor divulgar para a comunidade.

Torno caseiro do Wazen

Este post traz Apresentação em vídeo e algumas fotos do torno caseiro (DIY) do Roberto [RJ] que é amigo do grupo reprap-br, mestre em construção engenhocas e pizzas de anchova que sempre são servidas quando vou lá pedir ajuda e trocar umas peças, angústias e idéias sobre a Reprap.

Vista geral do torno, abaixo estão as baterias de 24V.

Vista geral do torno, abaixo estão as baterias de 24V e na direita o comando que é o próprio acelerador do patinete dos netinhos.

Peças
A parte elétrica é de um patinete motorizado dos netos que ele desmontou. Através de uma correia aciona o eixo do mandril. Isso é bom porque não transmite as vibrações e choques no eixo para o motor, o que se feito reduz muito a vida util deste.

Baterias do patinete usados para acionar os motores do torno

Baterias do patinete usados para acionar os motores do torno. Elas também estão ligadas a tomada por um regulador de voltagem de 24V ligado a tomada, mas podem funcionar sem isso  também. Esta caixinha preta tem ligação com o acelerador e é o PMW PWM (pulse width modulation) que regula a velocidade.

A base (mesinha) é de uma tupia mas poderia ser qualquer coisa, eu teria feito numa madeira por exemplo.Os trilhos de alumínio são de placas de propaganda e dá pra encontrar em lojas de material de letreiro ou adaptar trilhos de cortina (agora eu tenho visto uns modelos bons e mais fortes) ou em loja de som que vende perfis de alumínio para fabricar caixa de som.

Manivelas de regulagem do torno na base de PTFE

Manivelas de regulagem do torno na base de PTFE

Tem vários elementos em PTFE UHMW mas poderia ser outro material também como madeira ou alumínio, as barras rocadas na loja de construção e o mandril é peça de ferro velho. O Roberto me mandou aqui o link do distribuidor de plástco onde isso pode ser comprado aqui no Rio (também tem o PTFE para o bico da Reprap): http://www.incomplast.com.br/htm/materiais.htm

Construção
A construção é bastante simples e não precisa de nenhuma ferramenta ou material muito especiais ou difíceis de achar. Claro que é importante ter um alinhamento legal, mas nada que uma boa régua de metal não consiga medir.

Detalhe dos trilhos do torno vistos de cima

Detalhe dos trilhos e do eixo fixo do torno vistos de cima

Gostei muito destes blocos de PTFE acomodando as barras roscadas que fazem as regulagens de distância, uma solução muito simples mas com um resultado surpreendente.

Novos produtos da Ultimachine

A ultimachine soltou um post com produtos novos, particularmente gostei das correias e polias GT2 com o kit a USD 36,oo, as LM8UU a USD 1.75 cada e materiais de impressão novos, como o Policarbonato (PC) que é ultrarresistente (é assim que usa essa estranha nova ortografia?) e um tal de PVA solúvel em água.

Correia e Polia

Tentação

http://ultimachine.com/content/timing-belt-pulley-gt2-kit

Policarbonato

UltiMachine Recently Added Products | UltiMachine

http://ultimachine.com/content/polycarbonate-3mm-clear-1kg-spool

UltiMachine Recently Added Products | UltiMachine.

via UltiMachine Recently Added Products | UltiMachine.