Desenhando suas próprias peças para impressão no Sketchup: importando e exportando em STL

Até o momento só imprimi peças de reposição e melhorias para a minha Prusa Mendel i2,  mas qual a graça de ter uma impressora se você só imprime peças baixadas no thingiverse para ela mesma? Enquanto aguardo os Pololus que vão substituir os meus que queimaram, estou reforçando e alinhando melhor a minha máquina além de estudar mais sobre ela, e nisso entrou o desenho de novas peças.

O que é um STL?
STL é o formato que o Slicer lê os sólidos para fatiar. Quer dizer “STereoLithography” ou “Standard Tessellation Language” e ao contrário dos arquivos CAD possui dados espaciais bem básicos, não possuindo qualquer informação sobre cor, material ou texturas.

Saiba mais aqui:
http://en.wikipedia.org/wiki/STL_(file_format)

Tela do Slic3r com o gcode ao lado descrevendo as fatias e os movimentos de cada camada.

OpenScad: O caminho mais comum

Nem sempre é o melhor… baixei e instalei o Openscad e fiquei perplexo sem entender nada pois não se parece em nada com qualquer programa 3D que eu tenha usado antes como o Rhino, Sketchup e o 3DMax. Vi que antes de desenhar qualquer coisa simples que seja, ia ter umas boas semanas de aprendizado pela frente e por isso deixei isso de lado.
openscad

Link para o Openscad:
http://www.openscad.org/

O caminho da segurança e conforto
Não sou nenhum gênio do Sketchup mas tenho usado bastante para os trabalhos de desenhos de cenários e móveis de cinema, por isso acho mais produtivo centrar esforços nele. Particularmente gosto bastante deste software que além de gratuito tem boas funções de medidas e facilidade de uso. Visitando o blog do Muringa achei um post muito legal onde ele dá uma luz de como usar o sketchup para ler e gerar formato stl.

Conceitualmente não é tão simples a conversão de skp para stl porque o sketchup gera objetos ocos se eles tiverem um buraco na superfície, sem preenchimento e com muitas linhas coplanares. Daí o Muringa colocou uma lista de plugins que auxiliam este trabalho.

  1. Importar arquivos STL
    https://github.com/SketchUp/sketchup-stl
    para instalar: > windows > preferences > extensions , escolher o arquivo. Depois em importar/exportar vão constar as opções de STL.
  2. Deletar linhas coplanares
    deleteColanar
    http://www.cad-addict.com/2009/07/sketchup-plugins-delete-coplanar-edges.html
    Link direto para o download (deve ser gravado dentro de <sketchup/Plugins>).
  3. Detectar buracos e falhas em um sólido: Solid Inspector
    mmc-solid-test
    Para instalar o solid inspector, tem que instalar uma lib chamada TT_Lib2 antes:
    http://sketchucation.com/forums/viewtopic.php?f=323&t=30503
    Depois instalar o plugin:
    http://sketchucation.com/forums/viewtopic.php?t=30504

Link do post do Muringa:
http://www.reprapbr.com.br/2012/11/softwares.html

Link da página de softwares do wiki da Reprap
http://reprap.org/wiki/Useful_Software_Packages

Anúncios

Um motivo para ter vontade de imprimir 3D: Thingverse

Montar a impressora é legal. Alguns gostam mesmo é de fazer a engenhoca (né Wazen? Bora botar esta CNC para funcionar!) e depois já querem partir para outra coisa mais complexa. Bom, eu ainda estou pensando no que imprimir e já tenho a minha lista.

Para quem não conhece, o Thingiverse, é um site que é uma espécie de repositório de  objetos open source reproduzíveis. Voce pode baixar os arquivos CAD ou 3D, melhorar, modificar e… imprimir! Tem para todos os processos: reprap, laser CNC, router, resina.

Tem muita papagaiada, aliás, ainda não entendi porque o mestre Yoda ainda é o mais baixado quando tem tanta coisa útil para ser impressa… enfim. Logo abaixo tem uma lista de coisas em que eu fiquei de olho. Dêem uma olhada:
http://www.thingiverse.com/

Minitorno (Lathe) impresso na Reprap:

Minitorno do Thingiverse, esse requer alguns rolamentos e eixos lineares, que são molezinha de conseguir, qualquer impressora velha te dá isso. Consegui umas 20 barras num scanner esta semana. Link dos arquivos: http://www.thingiverse.com/thing:9242

Esse é mais simples!

Esse é mais simples ainda. Link para os arquivos: http://www.thingiverse.com/thing:1570

Centrífuga
Que tal imprimir uma centrífuga já aprovada nos EUA para mandar brasa nas suas amostras? Quanto é uma aqui no BR? Caro? Aqui voce pode comprar uma mini retífica, imprimir esta peça e pronto… com R$ 100,oo e alguns cuidados básicos de segurança voce tem uma ultracentrífuga.

Este modelo usa tubos Eppendorf de 1.5ml/2ml. A 3.000 RPM ela dá 400g de carga, a 10.000 RPM 4400g e a 30.000 RPM (alguns modelos de Dremell chegam a isso) ela vai a 50,000 vezes a força da gravidade o que a põe no território das ultracentrífugas.
Mais informações e documentação em: http://www.thingiverse.com/thing:1483

E aí, o que voces querem imprimir?